Faça do LIGG3 a sua página inicial !                                   Pressione Ctrl + D e adicione aos favoritos !

Portal LIGG3 - site de busca, site de jogos, site de mensagens, site de música, site de download, site de ofertas...

Google



Assuntos relacionados: Como funciona um provedor de acesso internet, provedor de acesso, provedor de internet, provedor banda larga, provedor gratis, provedor ig, provedor terra, provedor gratuito, provedor hospedagem , provedor uol, provedor oi, provedor banda larga gratis, provedor gratuitos, internet provedor, ig provedor de internet, provedor de internet gratis, provedor voip, provedor de internet banda larga, provedor de internet via radio, provedor yahoo

Como funciona um provedor de acesso Internet ?


O que é necessário para se tornar um Provedor de Internet (ISP) ?

  1. Qualquer pessoa ou empresa pode ser provedor de acesso Internet no Brasil. Não existe nenhuma legislação que impeça ou que exija certificação técnica.
  2. O que o provedor precisa para funcionar?

2.1 Plataforma

Softwares operacionais

Servidores de Acesso (computadores conectados a linhas telefônicas) que recebem as chamadas dos usuários.

Rádios que conectam o Provedor à Internet e por onde passam as informações do usuário após conectado.

Servidores (Computadores e softwares) para armazenar os sistemas que permitem toda a operação:

cadastramento de usuários (para autenticação do usuário),

servidor de e-mail (correio eletrônico),

servidor de web (hospedagem de páginas),

servidor de chat (bate papo on line)

servidores de segurança (secure Site Server)

servidores de comércio eletrônico

Firewall (sistema de segurança contra invasões)

Softwares diversos de controle da operação

2.2 Telecomunicações

Para atender as chamadas dos usuários. O provedor tem de Ter contratada da Operadora local, um número de linhas suficiente para o atendimento de chamadas simultâneas. A relação atual é de cerca de 1 (linha): por cada 12 usuários.

Os provedores pagam pela instalação de tais linhas e mensalmente pagam como usuário comum. Detalhe – atualmente em S. Paulo as linhas fornecidas para os provedores, em feixes de 30 linhas, só podem ser usadas unidirecionalmente para receber chamadas, embora se pague o preço de linha comum bidirecional.

Quando o usuário é conectado, após a identificação, o mesmo entra numa rede que lhe permite ficar nos servidores do provedor, ou sair para visitar outros sites espalhados pelo mundo.

Dependendo do número de clientes do provedor que possam estar em simultaneo acessando, a banda ou link tem de ser compatíveis para não gerar lentidão na rede.

Para que tal seja técnicamente possível, o provedor tem de contratar da Embratel uma conexão de serviço Internet (internacional) dedicada .

Tal conexão, no Brasil só pode ser adquirida da Embratel e o seu preço, se comparado com os preços internacionais, por exemplo nos USA, chega a custar 8 vezes mais cara no Brasil.

  1. Suporte Técnico

Praticamente todos os provedores no Brasil hoje oferecem suporte técnico de atendimento ao cliente via telefone ou fax.

São equipes que funcionam 24 horas por dia em 4 turnos.

  1. Staff

Todo o provedor ao se constituir em empresa com o objetivo de prover acesso à Internet tem de estabelecer equipes técnicas, - desenvolvimento, manutenção, atendimento, segurança, etc.

Equipes administrativas capazes de cuidar do faturamento dos serviços a clientes, com cobrança bancária ou através de cartão de crédito realizam essas operações diáriamente.

  1. É necessário esclarecer que todo o processo que permite presatr serviço de acesso à Internet exige a manutenção de sistemas de back-up e sistemas redundantes para evitar perdas de prestação de serviço por parte de clientes.

COMENTÁRIOS

O provedor de acesso na busca da angariação de clientes despende gastos com marketing e publicidade. A manutenção desse cliente num cenário de alta competição exige a prestação de serviço de alta qualidade no caminho da fidelização do cliente.

O serviço prestado pelos provedores é um alavancador do tráfego de telefonia gerado . Empresas de telecomunicações cobram pelo tempo de utilização das linhas telefonicas.

O ACESSO GRATUITO

Primeiro vamos analisar o que acontece com o acesso grátis em outros países:

Na Inglaterra:

Existem na Inglaterra dezenas de operadoras de telefonia, pois se trata de um mercado aberto.

Existem centenas de provedores de Internet

Os serviços prestados por cada uma das especialidades são, naturalmente distintos:

As operadoras prestam serviço de telecomunicações e cobram pelo tempo que o usuário utiliza.

Os provedores adicionam serviço de valor adicionado (suporte técnico, e-mail, web hosting, chat, segurança, etc.) e cobram esses serviços do usuário. Não cobram o acesso e sim apenas os serviços, por isso é chamado de acesso gratuito.

Entretanto os provedores são disputados pelas operadoras que querem o trafego telefônico gerado pelos clientes desses Provedores. Como existem várias peradoras existe uma real competição que força a baixa de preços.

 


© 2003-2007 Portal LIGG3. Todos os direitos reservados.           CSS válido: Valid CSS!